Como montar um bom playground infantil

O playground infantil é um espaço comum onde as crianças se divertem e interagem com os amiguinhos. Quanto maior a diversidade de brinquedos e acessórios, maior a diversão! Além disso, as atividades no playground ajudam as crianças a desenvolverem suas habilidades motoras, cognitivas e sociais.

Para transformar o seu parquinho infantil num local seguro, criativo e estimulante onde todas as crianças se sintam bem, é importante criar diferentes espaços para brincadeiras individuais, jogos em grupo e áreas de descanso.

Confira algumas dicas para criar o seu playground:

1. Elementos básicos
Os elementos básicos de qualquer parquinho infantil são as gangorras, balanços e escorregadores. Mas há outros equipamentos que não podem faltar, como a cama elástica e a piscina de bolinha, itens que fazem muito sucesso com a criançada.

Além dos equipamentos individuais, os módulos multi-atividades são essenciais nos playgrounds infantis, pois oferecem infinitas possibilidades. Eles podem conter os elementos básicos reunidos em um único módulo ou elementos de escalada e arvorismo, instalados a baixa altura, com total segurança.

Você pode escolher entre o playground de madeira, o playground de plástico ou o playground metálico. O importante é que ele seja seguro, flexível e durável.

2. Espaços educativos
Outra dica importante é disponibilizar mesinhas e cadeiras onde as crianças poderão aproveitar o espaço para curtir jogos educativos e desenhar, tornando o playground um espaço educacional e criativo.

Também é possível criar marcações no solo para jogos e atividades em grupo que desenvolvem o espírito de equipe e incentivam as crianças a serem ativas.

3. Espaços poliesportivos
Se tiver um pouco mais de espaço, aproveite para inserir equipamentos esportivos, como traves de futebol e cestas de basquete infantis, ferramentas essenciais para o desenvolvimento motor das crianças e um incentivo à prática de esportes.

Dica Ri Happy
Ao criar o seu playground é fundamental pensar na segurança. Você deve escolher equipamentos e acessórios que reduzam os riscos e que permitam sua utilização com uma supervisão reduzida e economia de tempo na gestão de conflitos. Também é importante garantir que os espaços promovam a integração entre as crianças, a diversidade e a habilidade de conviver em harmonia.

Reserve um lugar para cada tipo de atividade, demarcando as áreas e criando regras claras para a sua utilização, principalmente em locais com um fluxo grande de crianças, como escolas e condomínios.