A bola de vôlei profissional desempenha um papel importante durante as partidas. Com ela, os jogadores disputam e marcam pontos eletrizantes. Para garantir igualdade em todas as ligas mundiais, os modelos devem seguir algumas regras. Confira!

Características da bola de vôlei profissional

A bola de vôlei oficial é uma extensão do jogo e influencia diretamente o desempenho dos atletas na partida. Algumas características são essenciais para garantir padrão de qualidade e eficiência. Veja algumas delas, a seguir.

Material de cobertura

A capa externa da bola é feita em couro sintético ou materiais compostos de alta qualidade. Eles proporcionam maior durabilidade, aderência ao toque e resistência para garantir um desempenho superior durante as partidas.

Peso e circunferência

A bola de vôlei utilizada em competições profissionais deve seguir o peso e a circunferência determinados pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB): de 260 a 280 g e de 65 a 67 cm de diâmetro. Essas medidas são regulamentadas para dar equidade às partidas e proporcionar uma experiência justa para todos os times.

Câmara interna

O interior da bola de voleibol contém uma câmara feita de borracha ou látex. Ela é responsável por manter a pressão certa, o que resulta na consistência da trajetória durante os lances e na possibilidade dela quicar no chão adequadamente.

Costuras

As costuras são essenciais para assegurar a qualidade da bola de vôlei profissional. Elas são projetadas para minimizar o impacto do voo, sem afetar a precisão dos passes e dos arremessos. Muitas marcas investem em tecnologias exclusivas.

Estabilidade

Por causa das características do jogo, a bola deve quicar em quadra de maneira previsível e estável, facilitando o controle em qualquer situação da partida. Essa estabilidade é importante para a fluidez do esporte.

Regras do vôlei

Além das normas para a bola de vôlei original, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) estabelece regras para o esporte profissional. Confira um pouco mais sobre a modalidade!

Equipes e rotação

Cada equipe conta com seis jogadores em quadra, três no ataque e três na defesa. Durante a partida, após cada conquista do direito de sacar a bola, eles devem girar no sentido horário, mantendo a ordem.

Sets

As partidas de vôlei são constituídas por sets. Cada jogo pode ter até 5 sets. Eles não são marcados por tempo, mas por pontos corridos. Quando uma das equipes alcança 25 pontos, o set chega ao fim (com exceção do 5º, que pode ser finalizado nos 15 pontos).

Pontuação

Os pontos são marcados quando a bola bate no chão da quadra adversária ou cai fora da linha (nesse caso, a pontuação vai para o outro time). Cada set dura até 25 pontos ou mais, em caso de empate. Uma das equipes deve vencer por, no mínimo, 2 pontos de diferença.

Toques

Cada equipe pode tocar três vezes na bola antes de jogá-la para a quadra adversária. Além disso, não é permitido que o mesmo atleta toque na bola duas vezes seguidas. A única exceção é o bloqueio.

Posições

O atacante faz os saques da área de serviço, no final da quadra, e cruza até o campo adversário. Já o bloqueio é feito pela defesa, que só pode tocar na bola depois que ela passar pela rede.

Quem ganha o jogo?

Ganha a equipe com o maior número de sets, ou seja, pelo menos 3. Caso o jogo empate por 2 sets para cada time, a decisão fica por conta do 5º, que vai até 15 pontos.

Os melhores tipos de bola de vôlei profissional estão na Ri Happy

Confira os tipos de bola de vôlei profissional disponíveis na Ri Happy e garanta o seu com o Happy Mais. O programa de fidelidade oferece vários benefícios, como descontos exclusivos, troca estendida e pagamento facilitado. Aproveite!

Filtrar por...
vendido por Ri Happy
🏷️
🔥
Filtros
Departamento
Categoria
Subcategoria
Marca
Faixa de Preço
Você viu todos os 1 produtos